quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Obcecados por videogames

     Depois de escrever sobre os viciados em videogames e o significado positivo disto, vamos para o outro lado. O obcecado por videogames é parecido com os viciados em drogas, felizmente eles são exceção no mundo gamer. Eles deixam de fazer outras coisas importantes, e até mesmo viver em prol de alimentar essa necessidade doentia de jogar.
     Essa questão de ser obcecado por algo vale para qualquer coisa e normalmente é usado como uma fuga total da realidade. Digo total, pois fazer algo para fugir da rotina, uma fuga parcial da realidade, é saudável e normalmente é feita através de um hobby. Já a fuga total seria esquecer todos os problemas por meio de algum artifício sendo o mais conhecido, e o mais danoso, o uso de drogas, incluindo cigarro e álcool, mas existem pessoas obcecadas por coisas aparentemente boas como estudar, fazer exercícios, ler, trabalhar, jogar videogame, etc. Até religião pode ser usada com esses fins.
     Caso você seja ou conheça alguém neste estado, sugiro que procure especialistas na área como psicólogos e psiquiatras, o que, por sinal é recomendável a todas as pessoas, e grupos como os Alcoólatras Anônimos, Narcóticos Anônimos, vigilantes do peso e demais grupos ou pessoas especialistas neste setor.
     Vale ressaltar que, apesar do preconceito que existe com os psicólogos e psiquiatras, é super recomendado fazer terapia. Aquela ideia de que só loucos utilizam os serviços desses profissionais é mentira. Eles tem a função de ajudar a pessoa a se entender e ser uma pessoa melhor. Fazendo uma metáfora gamer, é como um NPC que lhe ensina novas habilidades e aumenta sua experiência e seu level.
     Para finalizar, vale o conselho de sempre buscar o equilíbrio, algo já dito por Aristóteles em Ética a Nicômaco. Tudo que é demais faz mal, mesmo praticas aparentemente benéficas, como dito anteriormente. Devemos buscar ajudar aos outros e a nós mesmos, com os meios já citados, e conversando com pessoas de confiança como família e amigos. Não é fraqueza pedir ajuda.
     Saudações gamers
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário