quinta-feira, 10 de março de 2016

A máfia nos videogames

     Tendo lido sobre Al Capone, o famoso gangster e chefe do crime de Chicago durante os anos 20, me lembrei, dos filmes da coleção O Poderoso Chefão. Para quem não viu assista e para quem já assistiu sabe o quão sensacional é essa trilogia. Do jeito que Hollywood está sem ideias e refilmando todos os clássicos é capaz que em um futuro próximo cometam a heresia de refilmar este clássico do cinema. Em todo caso, o filme que conta a saga da família Corleone é, ao meu ver o melhor filme sobre a máfia que eu já vi e o que melhor retrata o charme da máfia com seu  código de honra e hierarquia.
     Quando digo charme da máfia, me refiro somente a ficção, já que, na realidade o crime organizado não apresenta nenhum encanto, muito pelo contrário. O máximo que acontece são ilusões criadas pelo dinheiro e pelo poder de mandar. Se você quer ter poder de verdade estude e seja íntegro, buscando criar algo relevante, ajudar a humanidade e o planeta de forma geral.
     Tendo deixado claro que isso não é uma apologia ao crime, podemos entrar no mundo dos games. Joguei no PS2 o jogo de O Poderoso Chefão, The Godfather em inglês, um jogo sensacional e extremamente viciante  que nos coloca dentro da família Corleone e nos possibilita viver no mundo da máfia. Já ouvi que o jogo seria uma cópia de GTA, mas poder conviver com os personagens clássicos, ouvir frases marcantes do filme e viver o charme já citado é diferente, algo que só a família Corleone pode proporcionar.
     A versão do PS2 foi relançada para o PS3 como Don´s Edition. Apesar de difícil de encontrar valeu a pena jogar esse título novamente, assim como sua continuação, O Poderoso Chefão 2, jogo que conta a história do segundo filme, com melhoras gráficas em relação ao seu antecessor e igualmente recomendado. O jogo apresenta versões para PC e XBOX 360 também e o primeiro jogo tem sua versão no XBOX.
     Existem outros jogos que retratam a vida mafiosa, como as sagas Yakuza e Mafia, mas como não joguei, infelizmente, nenhum título dela, vou apenas citá-la.
     Seja no cinema, nos livros ou nos videogames, a máfia tem um poder de fascinação sobre as pessoas, pelo menos no mundo da ficção, e para quem curte isso opções não faltam.
     Saudações gamers

Nenhum comentário:

Postar um comentário