terça-feira, 5 de abril de 2016

Fã x fanboy

     Algumas pessoas fazem confusão com as palavras fã e fanboy. Apesar de raramente serem sinônimas a diferença é simples. Fã é alguém que gosta de alguém ou algo, já fanboy é o fanático por algo. Fanatismo é a palavra. O fã, apesar de gostar muito, consegue ver os defeitos e limitações do objeto adorado e recorre a razão para argumentar à favor, ou seja utiliza a lógica. O fanboy, não vê as falhas e utiliza somente a emoção como defesa, podendo, e infelizmente com frequência, usar a ignorância por meio de xingamentos, ofensas, menosprezo pelo adversário e até agressões físicas e violência de vários tipos.
     Existe um conceito intrínseco em que as pessoas acham que, por gostar de algo, devem ir até as últimas consequências por ele, não importa o que este tenha feito ou suas falhas. Isso é errado. Tudo e todos tem falhas. Devemos ser frios ao analisar a situação e, principalmente, justos.
     O segundo conceito que muitos acreditam é que, se a pessoa vê as falhas ela é menos fã. Outro engano. Reconhecer as falhas é um processo de melhora. Ao criticar um jogo, por exemplo, você não está menosprezando-o e sim lutando para que ele, ou seu sucessor, sejam melhores. É uma forma de se expressar e de proteger o que se gosta. Lembrando que deve ser baseado na lógica e na argumentação.
     No Brasil ultimamente os fanboys estão se multiplicando e em todos os setores como política, o que mais vemos no jornal ultimamente e de ambos os lados, nos esportes, assunto que sempre estampa as páginas esportivas, juntamente com as criminais, na religião, algo também comum nos noticiários, no cinema, nas empresas, entre outros temas que não são o nosso foco.
     O fanatismo só denigre a pessoa que o aplica, no caso o fanboy, e o objeto ou pessoa adorado. Quem é fã percebe os erros e utiliza de ferramentas como a lógica para corrigi-los. É aquele, no caso dos games, que critica empresas e boicota atitudes prejudiciais aos gamers como ações e empresas mercenárias, propagandas falsas e preços abusivos, é aquele que respeita os gosto dos demais, seja por um jogo ou console, que escuta opiniões contrárias, que não briga por videogames, etc. Isso não faz da pessoa menos fã dos games, muito pelo contrário, já que este busca melhorias no mercado e na comunidade.
     Saudações gamers e muito juízo
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário