quarta-feira, 13 de abril de 2016

O fator dublagem

     Com os jogos ganhando versão em português tem aumentado o número de jogos dublados, o que é ótimo, mas que leva a algumas reflexões.
     A questão dos filmes dublados depende muito do gosto pessoal. Tem gente que não liga, alguns que preferem e a maioria, creio eu, que odeia, o que gera uma carga negativa sobre a área. Antigamente, os desenhos eram sempre dublados, o que criou um certo vínculo entre personagens e dubladores como Goku e Wendel Bezerra e Superman e Guilherme Briggs, só para citar uns exemplos. Hoje em dia, com a internet mais rápida e a demora de alguns estúdios em dublar uma série, sem falar do medo de spoiller e haters, é comum a transmissão no idioma original com legendas em português. 
     A dublagem pode parecer fácil, mas é bem complexa, como mostrado no documentário da HBO 2 sobre o tema. Por sinal, fica a dica. Alguns fatores que influenciam a dublagem são os dubladores, o estúdio, a direção, etc. Uma única falha pode ser desastrosa. Por ser uma área ainda mal vista socialmente, qualquer semelhança com os games é mera coincidência, sem contar a recente aproximação com os games, mais o histórico pessoal sempre tive interessa na área, o que, quando possível, me faz assistir alguns programas dublados.      
     Ao meu ver a dublagem tem um poderoso poder de atração, ou se mal feito repulsão. Um desenho que eu acho muito bem dublado, apesar de não gostar dele em si é "O incrível mundo de Gumball". Admito que assisti alguns episódios, não gostando de nenhum, pura e simplesmente pela dublagem. No outro extremo vi uns episódios de "Blue Dragon", uma série que achei promissora, mas a dublagem terrível me impediu de acompanhar. E existem casos em que o filme e a dublagem são ruins, como ocorre em uma versão de Batman e Robin. Seja como for fica claro o impacto dessa arte no sucesso de um filme ou série.
     Nos videogames existe a opção de mudança de idioma, o que permite a escolha pessoal, o que é ignorado por alguns canais de televisão. Em jogos como God of War, por já ter criado o vínculo entre personagem e dublador, prefiro jogar em inglês, por outro lado, existem jogos que , apesar de não ter jogado, ao meu ver deveriam ser jogados em português, como Injustice, God among us e Os cavaleiros do Zodíaco: alma dos soldados. É uma questão bem pessoal, mas o incentivo à área é constante. Cabe a comunidade gamer como um todo, insistir para que os jogos apresentem a opção de serem jogados dublados e da sociedade como um todo lutar para diminuir o preconceito contra a área, pois, como os games também são, injustamente, mal visto pela sociedade. Fazendo isso a tendência é melhorar as dublagens, incentivar a carreira de dubladores, fazer com que as emissoras se toquem da importância de dar opção aos expectadores de escolher o idioma e de chamar mais atenção para o mercado de games.
     Saudações gamers
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário