quarta-feira, 18 de maio de 2016

O poder da informação

     Hoje em dia dispomos de várias fontes de informação sobre games. Seguir Youtubers e empresas do setor, sites especializados ou simplesmente usando o Google. Podemos ver cenas dos jogos, gameplays, análises, etc. Tudo isso permite que mais empresas e programadores tenham seus jogos conhecidos, o que estimula a indústria, assim como é possível aos gamers saberem se os lançamentos são o que prometiam ser, se o jogo é de seu agrado e descobrir alguns achados.
     Mas nem sempre foi assim. Quando eu era mais novo e a internet ainda não era muito conhecida no Brasil, nos baseávamos principalmente nas sugestões dos colegas. Conhecíamos os jogos alugando-os nas finadas locadoras, arriscando em uma compra, já que os jogos não eram tão caros como hoje, apesar desta ser a mais arriscadas das opções, ao ler alguma revista, sendo esta pouco usada, ou por meio de outro conhecido.
     Destas opções a que mais dava retorno era a locadora, já que podíamos testar o jogo antes de uma possível compra em uma loja especializada. Normalmente a escolha, seja para alugar seja para comprar no escuro era a imagem da capa. Se fosse legal arriscávamos, se não deixávamos para lá. O conceito de "não jugue um livro pela capa" não era muito conhecido por uma criança, apesar de que, depois de uma compra catastrófica, passava a ser.
     Muitas vezes seguíamos a sugestão de um colega cegamente, o que, às vezes gerava a compra de um jogo de um gênero que que ele gostava e que nós não. Sempre questione e busque informações para não cair nesta cilada. Isso, por sinal vale para tudo, mesmo fora do mundo dos games.
     Felizmente as coisas melhoraram o que democratizou um pouco mais os videogames, apesar de às vezes ainda cometermos erros, mas agora não podemos culpar os outros e sim a nós mesmos por não irmos atrás de mais informações.
     Saudações gamers e boas pesquisas   
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário