terça-feira, 21 de junho de 2016

À espera de todas as sagas de Os Cavaleiros do Zodíaco

     Já escrevi em outro texto sobre Os Cavaleiros do Zodíaco. Como disse neste, sou da geração que assistia todos os dias os episódios na Manchete e que viveu sua febre. O desenho, até agora, tem quatro sagas: do Santuário ou das doze casas, de Asgard, de Poseidon e de Hades.
     A série começa em um torneio entre os cavaleiros de bronze, depois passa por combates a vários cavaleiros, incluindo os de Prata até chegar às doze casas do zodíaco, no Santuário. Esta é a minha saga favorita. Os combates nas doze casas são sensacionais. Conhecemos todos os cavaleiros de ouro, e mesmo as batalhas com os mais sem graça são incríveis. Dentre os mais fortes existe um equilíbrio de poder, mas por ser tão diferente em relação ao dos cavaleiros de bronze, nos faz torcer e temer por estes.
     A segunda saga é de Asgard, para muitos considerada como filler, uma série tapa buraco. Em partes eu concordo por ter sido feita, aparentemente, para dar tempo para a saga de Poseidon ser terminada nos Mangás, os quadrinhos japoneses, porém normalmente este recurso é usado em tempos paralelos da trama, quase um universo paralelo, ou em intervalos, mas que fica claro a sensação de encher linguiça. Na saga de Asgard eu não tenho esta sensação, já que há indicações na saga do santuário que ela seria a próxima e na saga seguinte, a de Poseidon, ou seja, é algo contínuo e não inserido, pelo menos a meu ver. 
     Nesta saga, os cavaleiros de bronze enfrentam os Guerreiros Deuses, os defensores de Hilda, que está sendo controlada por meio do Anel de Nibelungo. Gosto muito desta saga, primeiro pela ligação com a mitologia nórdica, depois pelos duelos e novos personagens que são, ao meu ver todos bons.
     A terceira saga é a de Poseidon, em que os cavaleiros devem ir ao reino submarino do deus dos oceanos para derrotá-lo e aos seus generais marinas, que defendem os sete pilares, cada um representando um oceano, de modo a salvar Atena e o mundo. Esta saga está no mesmo nível da de Asgard, segundo minha opinião, apesar de ter alguns detalhes que me desagradam, como as armaduras dos cavaleiros e suas novas habilidades e alguns adversários, porém compensadas por outros personagens muito bons e alguns detalhes interessantes.
     A saga de Hades não foi transmitida na Manchete, por sinal, se não me engano foi feita depois. Ela é subdividida em três capítulos: santuário, inferno e Elíseos. Esta é a saga mais fraca para mim. Sendo o capítulo do santuário o pior. Nele fica explicado que o epicentro de toda a série é a guerra santa entre Atena e Hades, algo que não gostei. O deus do submundo, junto com seus 108 espectros e mais os cavaleiros mortos na primeira saga, atacam o santuário. A única coisa que gosto é o fato dos cavaleiros de ouro lutarem, porém a história e algumas habilidades novas deixam a desejar. Além disso uma nova discrepância, entre o poder dos cavaleiros de ouro, sendo um super poderoso, e a questão da mudança de lealdade de dois dos cavaleiros derrotados, que deixaram bem claro, na saga de santuário, o seu posicionamento em relação a Atena só sepultam essa capítulo ao meu ver.
     Já os demais capítulos são melhores, mas ainda aquém das demais sagas, quando os cavaleiros dessem ao inferno e enfrentam os espectros de Hades e depois dois deuses favoráveis e o próprio senhor do submundo. As críticas ficam em relação ao receptáculo da alma de Hades, o retorno da questão da lealdade já citada e a recaída de atitude de Shun, o cavaleiro de Andrômeda, que vinha melhorando no decorres das sagas.
     Depois de anos de espera por jogos de Os Cavaleiros do Zodíaco, estes começara a ser lançados. Porém eu estava esperando um jogo com todas as sagas, o que se tornou realidade com o mais recente Alma dos Soldados. Ainda não tenho título, mas pretendo adquiri-lo no futuro. O fato de ser completo foi o diferencial com os demais jogos da série lançados para PS3 e PS4, sem contar o fator dublagem. Seja como for, depois de anos, continuo sendo fã de Os Cavaleiros do Zodíaco e agora, finalmente, é possível jogar todas as sagas nos videogames. A espera Acabou.
     Saudações Gamers 
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário