domingo, 19 de junho de 2016

O verdadeiro Vega

     Quando eu era pequeno, e não sabia muito de inglês, tinha como personagem favorito no Street Fighter o Vega. Não que eu fosse bom com ele, muito pelo contrário, mas achava, na época, o personagem legal. 
     Para começo de conversa ele usava uma máscara que eu gostava, sem contar que, para uma criança, usar máscara é sinônimo de ser legal. Quem eu conhecia que usava máscara? Homem Aranha, Batman e as Tartarugas Ninja, por exemplo. Conclusão infantil: quem usa máscara é demais.
     O segundo fator era o fato do Vega usar as garras. Eu achava super legal, sem contar que espadas, ou qualquer tipo de lâmina, para uma criança, principalmente para um fã de Tartarugas Ninja era o máximo. E no jogo, tanto a máscara como as garras quebravam, o que era novidade na época, ou seja, o cenário era ainda melhor.
     Aprendendo inglês, percebi que Vega era a nova versão de Narciso e aí acabou o favoritismo. Nos primeiros jogos de Street Fighters, quando se vencia uma luta aparecia o rosto do vencedor e um texto em inglês e quando perdia o rosto do seu personagem machucado e a contagem regressiva para dar continue. Dessa forma, até melhorar meu inglês e ter paciência para ler os textos, o Vega parecia legal. Arrogante e fútil, duas características do personagem que deram fima a este favoritismo. Assim, o conhecimento fez Vega descer do céu ao inferno, na minha visão, mas algo se salvou nisso tudo: no anime Street Fighter 2, a luta contra o Ken é uma das melhores.  
     Fazer o que, é a vida?
     Saudações gamers
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário