segunda-feira, 13 de junho de 2016

Uma paixão sem fronteiras: robôs gigantes

     Algo que sempre gostei desde criança, juntamente com muita gente, foi robôs gigantes. Mais do que pilhas de metal são uma paixão mundial. Esta que passa em vários formatos como o cinema, os animes, séries, etc.
     Vamos começar por onde tudo começou para mim, os Tokusatsus. Para quem não conhece o termo, são séries japonesas de ação, tendo como exemplos Cybercops, Jiraya, Black Kamen Rider, etc. Para quem viveu a época de assistir estes e outros na Manchete, ao ler seus nomes provavelmente teve um ataque nostálgico. Um dia escreverei mais sobre os Tokusatsus, mas hoje focarei apenas em alguns que usavam robôs gigantes. Acho que os maiores exemplos neste formato são os robôs de Changeman, Flashman e, claro, Jaspion. Estes que marcaram a vida de muita gente da minha geração.
     Com o grande sucesso deste formato surgiu no ocidente algo semelhante. Os Power Rangers. Estes com certeza têm os robôs mais conhecidos da história do entretenimento. Durante as muitas temporadas várias combinações foram feitas. Carros se unindo, animais, veículos variados e, claro, dinossauros. Todas estas combinações formando um Zord para lutar contra os vilões que, depois de derrotados em tamanho normal, se tornam gigantes, por meios variados, dependendo da temporada.
     Voltando para terras nipônicas, temos que falar dos mangás e dos animes. Neon Genesis Evangelion com seus EVAs, Gundam Wing com seus guerreiros rebeldes e os policiais de Patlabor, são alguns exemplos
     Vamos para os filmes. O filme dos Power Rangers foi um marco na minha geração. Para variar ouve um, podemos chamar de delay, pois o filme, se me lembro bem é sobre a terceira temporada de Power Ranger Mighty Morf, a única saga dos Rangers com mais de uma temporada. O problema é que no Brasil estávamos começando a assistir a segunda. Para uma criança isso são detalhes. A questão era ver os rangers na telona, com os seus Zords feitos por computador e suas armaduras mais realistas, pelo menos para uma criança da época. O engraçado é que vão fazer um remake do filme dos Power Rangers no futuro próximo. Este eu não prometo assistir.
     Continuando na sétima arte, além do filme dos Power Rangers, que na época era o máximo, sendo que, possivelmente muitos não o achem hoje em dia, temos os filmes dos Transformers e Círculo de Fogo, uma grata surpresa. Quando vi o trailer pensei que era uma cópia do Evangelion. Por curiosidade assisti quando passou na TV, com a ideia de criticar, e... quebrei a cara. O filme é muito legal, pelo menos eu achei. Passei de crítico a fã em pouco tempo, comprando inclusive o DVD. Uma grata surpresa. 
     Para finalizar não podemos deixar de falar dos games. Vários jogos foram lançados dos Power Rangers. Apesar de ter jogado um no PS1, os mais marcantes foram no Super Nintendo. Dois foram marcantes, apesar de não lembrar os nomes precisamente. Um era de luta de Zords.Sonho de criança realizado. O segundo, que pretendo jogar novamente, eu não lembro de jogar com os grande robôs, só com os Rangers, mas, se não me engano, podíamos usá-los na última fase. Um dia eu confirmo isso. Mais recentemente temos o Zone of the Ender para PS2 e relançado para PS3 em HD e Titanfall para XBOX ONE e PC. Na edição deste ano da E3, a EA já anunciou o Titanfall 2 que promete muito, desde que os erros do primeiro tenham sido concertados e o universo seja bem aproveitado, isso sendo os comentários do Zangado no seu vídeo da dita apresentação.
     Seja nos games, nos filmes, nos animes, mangás, desenhos animados, etc, robôs gigante são uma paixão sem fronteiras, seja geográficas ou de mídia. Isto porque só citamos alguns poucos exemplos. Se colocassemos todos com suas devida explicação teríamos um livro e não um texto. Por sinal fica a dica. Se alguém escrever tal obra não esqueça de citar a Gamerclub NGC nos agradecimentos e nos mandar que faremos a divulgação. Voltando ao tema, quem não gostaria de ter um robô gigante? Algo que supera gerações. Realmente, o melhor termo para definir isso seria o de uma paixão sem fronteiras.
     Saudações Gamers  
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário