sábado, 23 de julho de 2016

A internet brasileira

     Pela primeira vez desde começamos a empresa e sua rotina ficamos um dia sem postar um texto, isso porque passamos o dia todo sem internet. Valeu Vivo. Em todo caso pedimos desculpas a vocês. Estamos bolando alguns métodos alternativos para este tipo de emergência, mas de modo que não fique um contato frio com nossos clientes/ parceiros de clube. Para corrigir esta falha,postaremos dois vídeos e dois textos hoje e, visto que a média brasileira de leitura é baixa e a sociedade, de forma geral, é bem apressada, o outro será pequeno. Mas vamos a este.
     Por ironia escrevemos recentemente sobre os adversários dos games brasileiros. Dentro de uma categoria, falamos da internet que vive caindo e é lenta. Para se ter uma ideia, na América do sul, segundo uma pesquisa internacional, o Brasil só tem internet mais rápida que a Bolívia e a Venezuela, estando empatada com o Paraguai. Que bom que o nosso serviço é melhor do que dois países devastados por ditaduras, sendo que na Venezuela, nem papel higiênico eles tem. Para um país como o Brasil, tido como a potência da parte sul do continente, é uma vergonha.
     Sabe aquelas propagandas que vemos todo dia dos planos 3G, 4G ou seja lá o número que colocaram? É tudo mentira. Pelo menos segundo a minha professora da faculdade. O que compramos como 4, lá fora é um 2 e olhe lá. 
     Com o problema da internet nem podemos culpar os governantes corruptos diretamente, hábito comum dos brasileiros. São as empresas privadas que o fazem e, se queremos um serviço melhor devemos exigi-lo. Temos o Código do Consumidor do nosso lado e olha que este é mundialmente admirado pela sua solidez. Quem disse que brasileiro não sabe fazer as coisas direito? Só assim vamos acabar com este descaso conosco, consumidores que pagam bem caro pelos serviços.
     Saudações gamers e, se a internet não cair de novo, até amanhã
     
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário