quinta-feira, 14 de julho de 2016

As opiniões pagas, o Brasil e o ódio

     No texto de ontem comentei a notícia da compra da opinião de youtubers pela Warner para falar bem do jogo Middle Earth: Shadow of Mordor. O que queria comentar neste texto é a repercussão aqui no Brasil.
     Após ler a notícia, se não me engano vi apenas em dois sites, fui conferir os comentários. Às vezes penso que sou masoquista, pois os comentários foram exatamente o que eu previa, infelizmente. Uma metralhadora giratória contra vários sites e youtubers. Admito que tenho minhas suspeitas em relação a alguns citados, mas um que chamou a atenção, e que acho extremamente improvável de ter aceito este tipo de acordo, foi o Zangado.
     Normalmente estamos acostumados a ver rasgados elogios ao trabalho deste youtuber, que tem mais de 3 milhões de seguidores, mas, como é de se esperar era óbvio que teria alguns haters, aqueles, que por algum motivo desconhecido, muitas vezes pela própria pessoa, odeiam alguém. Até aí tudo bem. O que me chamou atenção foi a agressividade dos comentários que pareciam ter sido feitos por francoatiradores. Falavam que o Zangado seguia esta pratica, que ele fazia análises ruins e feita nas coxas, que ele zerava os jogos no very easy, etc.
     Por partes. Não conheço o Zangado, mas gostaria de fazê-lo, por ele ter várias opiniões semelhantes as minhas e ser uma pessoa inteligente, como mostrados nos seus comentários. Não posso por a mão no fogo dizendo que ele não fez algumas destas práticas, apesar de DUVIDAR MUITO. O que posso afirmar com certeza é o seguinte: não conheço nenhuma análise de games melhor que a feita por ele, então, se ele faz às pressas, como disseram, imagina se fizesse com calma?! No caso da suposição de zerar no easy, não seria problema, se a dificuldade do jogo não fosse comentada, mas, sinceramente, acho estranho esta atitude se tomada, pois ele se cobra bastante e sempre busca melhorar, como ele deixa claro em seus vídeos, então acredito ser mais um boato hater do que um atitude hipócrita. Por fim a questão de ser pago pelas opiniões. Como ele sempre faz alguma crítica, seria de se estranhar que ele estivesse neste grupo, sem contar que, por ser inteligente, não acho que faria tamanha bobagem.
     A questão do ódio com pessoas que se destacam no Brasil já foi comentada no texto feito quando o Twitter do EngLeo da Cjbr foi hackeado, mas vale a pena relembrar, visto ser uma pratica comum em nosso país, infelizmente, sem contar um dos fatores de sermos um país de terceiro mundo. Quando alguém se destaca, ao invés do brasileiro, de forma geral, pensar " o que será este cara fez? Como ele fez? Posso fazer melhor? O que posso aprender com ele?"  começa a denegrir tudo que ele fez como se não tivesse nenhuma qualidade, que ele tem contatos, que dormiu com determinada pessoa ou pagou uma fortuna, etc. Claro que temos pessoas que cresceram fazendo isto, mas penso que são a minoria. Normalmente as pessoas crescem com trabalho duro e dedicação. Em todos os casos podemos aprender algo. Por que não questionar o seguinte: "acredito que fulano fez tal ato ilegal ou imoral para ser famoso. Como eu poderia chegar aonde ele chegou sem usar destes subterfúgios? O que precisaria mudar? Quais as qualidades dele que eu não tenho e posso me aprimorar, já que TODOS os seres humanos tem alguma qualidade, mesmo os piores de nossa história?"
     Por que as pessoas não tomam esta atitude? Por comodidade. É muito cansativo pensar, é mais fácil sair xingando todos que conseguem destaque, menos os nossos queridinhos, e continuar a tomar atitudes medíocres. Vamos acordar, povo brasileiro. Este assunto daria outro livro, mas é melhor parar por aqui. Vamos pensar um pouco antes de falar, buscar crescimento pessoal, nacional, entre outros, respeitar os demais, etc. Quer ser um francoatirador com uma metralhadora giratória? Vá jogar Doom ou outro jogo de tiro. É mais divertido e menos injusto com os demais.
     Saudações gamers
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário