sábado, 30 de julho de 2016

Os óculos VRs serão os novos leitores de movimento?

     A grande aposta das empresas de games atualmente tem sido os óculos VR, acessórios que criam a realidade virtual, colocando o jogador dentro do game. A ideia é boa quando falamos de imersão. Agora para virar a visão do personagem, ao invés de usarmos o direcional da direita, bastaria virar o rosto. 
     Algumas dúvidas que tenho sobre o acessório são: como as pessoa que usam óculos de grau poderão usar esta tecnologia? E as pessoas que tem vertigem? Pensei da seguinte forma. Com o retorno do cinema 3D, agora melhorado, as pessoas que usam óculos precisam ou colocar um em cima do outro ou assistir a versão normal, quando disponível. Por este incômodo, já vi pessoas pensarem duas vezes antes de assistirem a um filme. Já a vertigem, perguntei por causa daqueles avisos sobre saúde no início dos games sobre epilepsia. Será que agora teríamos um sobre labirintite?
     A ideia da tecnologia me agrada. Penso que pode ser uma revolução. Mas os leitores de movimento também o foram e hoje andam encostados. Por isso tudo estou com o pé atrás e por consequência, não estou criando expectativas sobre o assunto.
     Quando o Nintendo WII revolucionou com a possibilidade de controles baseados nos movimentos, muitos boatos surgiram dizendo que o controle já era. Era algo tão impressionante que as empresas rivais, Sony e Microsoft, correram atrás. Quando veio o Kinect então, pronto, já começaram a imaginar o enterro dos controles, pensavam que jogar videogame seria como Minority Report e...os controles continuam. Apesar de revolucionário, e do boom gerado, a moda parece que acabou e a tecnologia ficou de escanteio, haja visto o Kinect 2, que não vingou. Este episódio só aumenta a dúvida sobre os óculos VR. Pode ser algo que venha para ficar, como a função de vibrar o controle, que surgiu com o Nintendo 64 em um periférico, o Rumble Pak, ou talvez seja mais uma ferramenta que, somada com outras, como o controle de movimento, por exemplo, formem um hiper simulador, recriando a indústria de jogos ou talvez seja só uma moda passageira. Só o tempo dirá. Enquanto isso talvez seja melhor guardar o dinheiro para outra coisa ou correr o risco de deixar mais um item encostado na estante.
     Saudações Gamers 
___________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário