sábado, 20 de agosto de 2016

O nosso legado Olímpico

     Os Jogos Olímpicos do Rio 16 estão acabando e, consequentemente os textos relacionados a eles. Aproveitei o evento para escrever textos sobre esportes, além dos videogames, por acreditar na importância deles, não só para a saúde, mas para o desenvolvimento pessoal e social, além de apoiar os nossos atletas que são frequentemente ignorados, às vezes até pela mídia especializada. O nosso foco é nos gamers, mas acreditamos no crescimento do país como um todo, sendo, por sinal, os games, uma grande possibilidade de realizar isso.
     Do mesmo jeito que lutamos pelo fim do preconceito, contra a ignorância, a falta de informação e de apoio  e a mudança cultural com os videogames, também fazemos em relação a outra áreas como esporte, cultura, educação, ética, etc. pois, do mesmo jeito que sofremos e não gostamos, tenho certeza que as demais pessoas também não curtem tais comportamentos. Por isso e por acreditar no crescimento do país sempre que possível fazemos este link entre temas, almejando um dia em que não haverá preconceitos, em que nossos atletas sejam estimulados e respeitados, que o fanatismo irá acabar, etc. Talvez isso seja um sonho utópico, mas, por enquanto, sonhar não paga imposto e dá o mesmo trabalho sonhar grande ou pequeno, assim por que não escolher sonhar grande?
     Voltando as Olimpíadas, algumas assuntos me marcaram. A falta de respeito, na minha opinião, da FIFA com as Olimpíadas foi uma. Apesar dos Jogos Olímpicos, a reunião de quase todos os esportes, estar acontecendo, os jogos dos campeonatos de futebol continuaram acontecendo e em todo o mundo. É tão difícil assim parar 15 dias? Alguns dirão que é pelo calendário, mas em ano de Copa os demais campeonatos de futebol são paralisados por um mês, então é possível parar por 15 dias. Acho um desrespeito da entidade que permite isso e com um fator de arrogância, por se achar superior ás demais confederações esportivas e seus respectivos esportes.
     Outra coisa que me chamou atenção foi a mídia esportiva. Com muitos discursos de apoio ao esporte e aos atletas, vemos os canais especializados, sem falar dos normais, seguindo sua programação, em alguns momentos inalterada. ouvimos tanto que devemos investir em outros esportes, mas na hora de decidir entre o campeonato de futebol e uma competição olímpica, o primeiro vence. Sem falar dos programas de debate que continuam, faça chuva ou faça sol, independentemente se no mesmo horário uma grande competição de outro esporte estiver acontecendo. Nos canais que não são especializados é ainda pior. A reprise do filme que todo mundo viu milhares de vezes, a novela, o jornal sensacionalista, tudo continua como se nada estivesse acontecendo. Acho que poderia haver um meio termo neste caso, sem sacrificar os que não gostam de esportes, mas dentre tantas opções não gostar de nenhuma pratica esportiva é difícil. Sei que a audiência é importante, mas são só 15 dias de quatro em quatro anos. Uma estratégia minimamente inteligente resolve isso. Mas ter a coragem de fazer isso é difícil. É mais fácil ficar chorando e dando desculpas do que agir.
     O que me marcou positivamente foi: a receptividade dos brasileiros, a qualidade do evento, apesar que, não é porque tem sido bonito que as investigações sobre a roubalheira que todos sabemos que ocorreu devam ser encerradas, muito pelo contrário e em todos os âmbitos, doa a quem doer, os atletas brasileiros que se esforçaram ao máximo, mesmo sem apoio financeiro, sem falar do constante complexo de vira-lata e a Síndrome de Mutley, a alegria gerada e assim por diante.
     Os Jogos Olímpicos do Rio podem estar acabando, mas isso não significa que tudo termina aqui. Mudanças devem ser feitas, do mesmo modo que investigações, atletas devem se apoiados e o espírito olímpico de superação, boa conduta, respeito devem permanecer, ao mesmo tempo que continuaremos lembrando das nossas conquistas, não só nas modalidades esportivas, muito menos só a que fomos premiados, mas quanto nação, quanto povo que recebeu bem seu visitantes, que fez um belo espetáculo e que deixou bem claro que somos bons e capazes.
     Saudações gamers 
     
______________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário