segunda-feira, 12 de setembro de 2016

BGS social

     Existem algumas pessoas que pensam que quem joga videogame é um alienado, que só pensa em jogar e somente em sua própria diversão e bem estar. A BGS deste ano deixou bem claro para estas pessoas que não é assim. Não estou falando dos muitos jogos cooperativos como o Halo Wars 2, que eu joguei e, por sinal fui péssimo, mas gostei do jogo, foi falta de habilidade mesmo. Estou falando das várias campanhas sociais realizadas no e pelo evento.
     Uma velha conhecida, e muito bem vinda, é a campanha para juntar alimentos não perecíveis. Em um país com tantas pessoas famintas, algo que jamais deveria acontecer, principalmente se lembrarmos do nosso potencial agrícola, esse tipo de campanha é um sucesso. Para quem não sabe, na BGS é possível comprar meia entrada se você levar um quilo de alimento não perecível. Grande ideia.
     Mas as boas ações não param por aí. Além de uma forte campanha de inclusão para cadeirantes, o que tratarei em outro texto, aparentemente teve uma ação apoiando a instituição Casa de David, além de um espaço para a AACD. Não sei se a primeira foi de responsabilidade da organização do evento ou de um dos expositores, mas seja quem for merece os parabéns.
     As empresas expositoras também fizeram sua parte. Nesse quesito quem arrasou foi a Microsoft. A empresa do Xbox, primeiro investiu em sua campanha Gamerblood, para doação de sangue, com o logo em 3D da campanha e, depois, com sua loja em que pelo menos uma parte das vendas seria doada à AACD, infelizmente, por um descuido, não anotei a porcentagem, podendo ser até de 100%. Seja o valor que for, já é bem vindo.
     Gostei muito de ver que a maior feira de games da América Latina e seus expositores investiram nesta parte social. Diferentemente do que as pessoas citadas no primeiro parágrafo pensam, os games tem, normalmente um pensamento colaborativo no sentido de apoiar sua equipe e seus parceiros isso tanto no mundo virtual como no real. Já no modo competitivo, se estabelecer uma meta de doação para os games, eles farão de tudo para alcança-la, além de superar as demais comunidades. Nesta disputa, a sociedade é que vence. Parabéns para a BGS e seus expositores pelas campanhas e torcemos para que elas estejam sempre presente.
     Saudações gamers 
______________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário