sábado, 19 de novembro de 2016

Gamers e gamers

     De uns tempos para cá virou moda se dizer gamer, assim como ocorre com nerd e geek. Seja pelo sucesso de séries como The Big Bang Theory, ou pelos consecutivos recordes quebrados pelos filmes de heróis, virou febre dizer que curte games, cultura nerd e similares. 
     Muitas pessoas já acompanhavam um herói antes de ele estrear nas telonas ou jogava vídeo game desde pequeno, outros, ao terem contato com essa cultura se apaixonam e começam a se interessar por mais coisas a ela relacionada, o que também é ótimo. O que acho problemático são os muitos aproveitadores que surgiram com essa febre, se dizendo especialistas, mas com um contato mínimo com essa cultura e visando um interesse próprio, seja fama, fortuna, visibilidade, fãs, ganhar brindes, como jogos, e assim por diante. Penso que o grande problema é a ilusão, a mentira usada por essas pessoas quando se dizem apaixonadas por algo, que se não estivesse na moda, nem conheceria. É o típico caso da busca pelos "15 minutos de fama" e a luta para fazer com que eles durem o máximo possível, e que sejam bem lucrativos, visando os interesses já mencionados.
     Ao mesmo tempo que temos pessoas assim, que utilizam a alcunha de gamers, não por paixão aos jogos e sim por conveniência, temos pessoas sérias e dedicadas que há anos estão ligados aos videogames. Youtubers consagrados como EngLeo, Zangado, BRKsEdu, são alguns exemplos. O grande problema é que as pessoas do primeiro grupo acabam maculando o segundo. Assim tem-se a ideia, para alguns, que todos os gamers, youtubers relacionados e assim por diante são interesseiros. Não é assim. Claro que alguns podem usar o conhecimento adquirido em anos para ganhar algo, esse não é o problema, e sim a falta de transparência ou, pior, a mentira ao se dizer ser algo que não é. 
     Os aproveitadores acabam passando a ideia de que os gamers são acomodados, aqueles que esperam apenas o momento certo para dar o bote, assim como muitas das ditas celebridades da TV. Sem eles já sofremos com preconceito, imagina ainda com essa propaganda negativa? Por outro lado temos pessoas que se empenham no que fazem, seja como uma segunda profissão, como no caso do EngLeo e do Zangado, formados em engenharia, mas que se dedicam para fazer os vídeos, seja como o Guilherme Gamer, formado em jornalismo, e que cobre a área de games, assim como desenvolvedores de jogos que abrem seus estúdios, etc.
     Para se trabalhar aqui na NGC, por exemplo, mais do que apaixonados por games, precisa-se ser profissionais formados, sempre buscando aprender mais sobre variadas áreas, mentalidade que tentamos transmitir em nossos textos, e que se dedicar na empresa e a causa gamer. Eu, por exemplo, sou formado em administração e aplico o que aprendi aqui na NGC.
     Do mesmo jeito que temos pessoas aproveitadoras, interesseiros e que visam apenas o benefício próprio, em todas as profissões e atividades humanas, inclusive os hobbies, também temos gente assim no meio dos videogames, indivíduos que se dizem gamers, mas que não tem o hábito de jogar os jogos eletrônicos, assim como supostos nerds e geeks que, nada sabem sobre essa cultura, mas, por estar na moda, aproveitam essa onda. Não deixe que esses pilantras denigram a visão do todo. Temos, infelizmente, médicos ruins, advogados salafrários, professores picaretas, mas isso não significa que todos os são. Temos grandes profissionais, íntegros e competentes, em todas as áreas. Um raciocínio parecido vale para os gamers. Cuidado para não se iludirem e, principalmente, para não generalizar, pois é assim que nasce o preconceito.
     Saudações gamers
______________________________________________________________________
     A NGC quer saber sua opinião. Ela é importante para nós. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Juntos somos mais fortes.
     E não se esqueça de prestigiar os nossos parceiros. É só clicar em um dos banners aqui no nosso site, assim TODO MUNDO sai ganhando. É rápido e prático.
     
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário