segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Indo direto à fonte

     Sempre defendemos, aqui na NGC, a busca por conhecimento, pelo estudo, sem falar no senso crítico, na análise, na argumentação. Não sei se em outros países acontece isso, mas no Brasil temos a tendência de aceitar passivamente a informação que nos chega pela mídia, seja ela um meio profissional, redes sociais e semelhantes. Em uma época de incertezas políticas, esse é um dos maiores erros que podemos cometer. O que já seria ruim fica ainda pior em situações delicadas como essas. Ao recebermos as chamadas notícias pasteurizadas, deixamos de ter senso crítico e consideramos a fonte como portadora da verdade universal. Com isso as animosidades ficam ainda mais inflamadas, as discussões inúteis aumentam, como quem roubou mais, político A ou B, quando, não importa, pois se roubaram os dois são criminosos, sem falar que ficamos à mercê de uma fonte de informação. Como já disse em outro texto "testemunho único, testemunho nulo".
     Pergunta para os gamers: Vocês já deixaram de jogar um jogo por que um amigo disse que era ruim e, quando surgiu uma segunda oportunidade jogou e gostou do game? E que tal aceitar a sugestão de algum colega e jogar um jogo que seria o máximo e, ao jogar, não gostou? Estas coisas acontecem, não só nos games, mas com livros, filmes, programas de TV, etc. O raciocínio é o mesmo que o do parágrafo anterior. É preciso que tenhamos nossa própria opinião, de ir direto às fontes e não basear o que pensamos segundo o comentário de alguém, mesmo que seja um amigo ou uma fonte profissional, como um site ou jornal. Cada pessoa é diferente, com gostos, histórias e personalidades diversas. Além disso, em alguns casos, há o interesse da outra parte, seja em defender um partido político em que ele sempre votou e não quer assumir que tem erros, seja este de direita, esquerda ou centro, seja, pela paixão por um filme e assim por diante.
     Próxima vez que você se deparar com uma opinião ou informação, vá atrás de mais fontes, das mais variadas possíveis, principalmente em assuntos de máxima importância como política e sociedade. Analise a versão dos dois lados com senso crítico. Pode parecer um trabalho hercúleo, mas não é, ainda mais na era da informação, sem falar que, com a prática e o conhecimento, certos raciocínios ficam mais automáticos, já que sua bagagem é maior. Com isso você não só fica mais inteligente, como tem mais poder de decisão e opinião, o que faz com que a sociedade fique melhor com menos corrupção e maior independência.
     Saudações gamers e vão direto à fonte
__________________________________________________________________
     A NGC quer saber sua opinião. Ela é importante para nós. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Juntos somos mais fortes.
     E não se esqueça de prestigiar os nossos parceiros. É só clicar em um dos banners aqui no nosso site, assim TODO MUNDO sai ganhando. É rápido e prático.
     
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário