terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Excesso de regras: caminho para o caos

     Você já viu aqueles filmes em que um ditador toma o poder e todos são obrigados a agir maquinalmente segundo um protocolo e um pequeno deslize pode significar a morte? Ou quem sabe o Clip de Another Brick in the Wall de Pink Floyd? Talvez já tenha lido os clássicos Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley ou 1984 de George Orwell? Se você há teve contato com estas e outras obras sabe que alguns dos piores inimigos do ser humano livre são: a morte da criatividade e o excesso de regras. Os dois juntos fazem de um ser pensante com caminhos ilimitados uma mera engrenagem do sistema, como representado por Charlie Chaplin em Tempos Modernos. Mas isso tudo é algo distante, não é? Meras visões de um futuro terrível que jamais chegará, correto? ERRADO.
     Você já teve problemas com burocracia? Ou quem sabe problemas em escrever um trabalho acadêmico nas normas da ABNT? Talvez gostar de uma música ou filme que ninguém mais gosta ou questionar o Status Quo? Provavelmente sim e, então, pode ver que o terrível futuro apocalíptico, sem robôs no comando, sem zumbis e semelhantes, mas com muitas normas é a realidade. 
     Não somos contra as regras, muito pelo contrário, mas sim contra seus excessos. Na teoria a burocracia é útil. Calma, não me xinguem. Ela é a que permitiria que o sistema funcionasse sem determinadas pessoas. Não seria necessário o "fale com o fulano" e sim faça isso. O problema é que, na nossa ânsia de controle tentamos criar regras e normas para tudo, fazendo o que deveria ser eficiente, completamente ineficiente, demorado. Em alguns extremos isso, junto com um pensamento arcaico, faz com que as ideias morram, não sigam adiante bloqueadas pela burrocracia ou a distorção da burocracia. 
     Leonardo da Vinci dizia que a simplificação era o grau máximo de evolução. É isso que precisamos aplicar, juntamente com a criatividade ao moldes deste grande pintor e inventor que buscou saber de tudo um pouco, mesmo contrariando as ideias estabelecidas. Precisamos de normas, de leis, de procedimentos, para fazer com que a sociedade, o governo a máquina pública funcionem, mas, se exagerarmos só geramos prejuízos para a população.
     Perguntas para os gamers: Já jogaram um jogo de mundo aberto, um RPG ou demais gêneros e títulos em que temos maior liberdade de escolha? Se sim, sabem o quão divertido é poder escolher o que fazer. Podemos escolher realizar uma missão secundária, treinar para aumentar o level de nosso personagem, explorar o mapa ou mesmo seguir o modo história de forma retilínea. Temos uma grande liberdade. Porém, apesar disso, ainda seguimos regras, estas presentes na programação e que não sentimos, pelo menos não diretamente. Podemos ser hipercriativos, tomando atitudes ousadas e inusitadas, mas tendo como base algumas regras como: não matar um aliado, ser perseguido pela polícia se cometer um crime, possibilidade de morrer, perda de dinheiro ou de itens, etc. ou seja, temos liberdade criativa e de movimentos, mas com limitações que permitem o funcionamento do game. O mesmo vale para a realidade.
     O excesso de regras só gera insatisfação, perda da criatividade, lerdeza, ineficiência, raiva e demais sentimentos negativos. Devemos evitar a todo custo que isso ocorra, simplificando o que deve ser simplificado, sem tirar as liberdades que permitam o bem estar social. A ausência completa de regras também levam para o mesmo caminho: o caos. Resumindo, mais uma vez temos que chegar ao equilíbrio, a não ser que você almeje o mesmo destino do professor do clip do Pink Floyd e demais exemplos de ditadores que acabam com a criatividade e impõem centenas de regras.
     Saudações gamers
__________________________________________________________________
     A NGC quer saber sua opinião. Ela é importante para nós. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Juntos somos mais fortes.
     E não se esqueça de prestigiar os nossos parceiros. É só clicar em um dos banners aqui no nosso site, assim TODO MUNDO sai ganhando. É rápido e prático.
     
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário