quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Meritocracia

     Algo de fundamental importância, mas que infelizmente nem sempre acontece na prática é a meritocracia, onde o trabalho duro, esforço e dedicação são recompensados. Assim em um sistema que aplica tal método, as pessoas que se esforçam irão crescer, terão mais oportunidades, já os que não se dedicarem ficaram estagnados, devido à própria escolha, diga-se de passagem. Resumindo, só depende do seu esforço.
     Aqui na NGC damos muito valor à meritocracia. Somos adeptos do poder da força de vontade, da dedicação, do empenho e da perseverança. Ainda somos uma pequena empresa, mas nossos valores nos acompanharão em toda a nossa jornada, independentemente do tamanho que possamos chegar.
     Fazendo um paralelo aos games a meritocracia seria zerar um jogo na raça, vencendo inimigos, superando desafios até vencer o chefão final. Por outro lado, se você usasse códigos para vencer, seja ficando imortal, tendo todas as armas e demais vantagens proporcionadas por estes meios trapaceiros, não estaria zerando por sua própria capacidade, mas sim graças aos códigos, portanto o mérito não seria seu.
     Sinceramente não consigo entender o porquê de algumas pessoas serem contras a esta política que permite o crescimento pelo próprio esforço. Acredito que estes críticos ou não sabem o que ela significa ou são acomodadas e querem tudo dado de presente, sem que nenhum esforço seja feito. Sobre este assunto vale ressaltar que, em um extremo, temos estas pessoas que não querem fazer nada, mas querem receber tudo, preferem sempre o jeito mais fácil em lugar do jeito certo, pois trabalhar, pensar, estudar dá  muito trabalho. O legal é ficar sem fazer nada, talvez deitado em uma rede ou assistindo programas de televisão que não façam pensar, não é? NÃO. No outro extremo, temos pessoas que pensam que devem fazer tudo sozinhas, que qualquer ajuda não deve ser aceita e muito menos valorizada, como se isso fosse uma fraqueza. Já imaginou o que seria da sociedade sem os professores? Não poderíamos viver sem o Mestre Yoda ou sem o Sr. Miyagi, assim como seus discípulos. A gratidão aos mestres, sejam professores, pais, amigos e semelhantes é fundamental, porém por ser um assunto tão importante receberá um texto próprio.
     A meritocracia, portanto é aquela que permite o crescimento pelo próprio esforço e talvez o maior medo dos acomodados. Porém, isso não significa que devemos fazer tudo sozinho. Muitas vezes precisaremos de ajuda, seja alguém que te apoie seja um professor ou talvez uma pessoa ou entidade que dê as condições mínimas para que você possa fazer o seu melhor. Claro que isso por um tempo determinado, pois se você viver sempre às custas de outros estará sendo apenas mais um acomodado. Assim faça o seu melhor, se dedique, vença os desafios por sua conta, mas sendo sempre grato àqueles que te apoiarem na jornada e jamais usando-os como muletas. Alguém pode lhe ensinar a pescar, mas, depois de aprendido, é a sua obrigação se virar, sempre sendo grato ao seu professor.
     Saudações gamers e, como diria a Nike, "Rala que rola"
__________________________________________________________________
     A NGC quer saber sua opinião. Ela é importante para nós. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Juntos somos mais fortes.
     E não se esqueça de prestigiar os nossos parceiros. É só clicar em um dos banners aqui no nosso site, assim TODO MUNDO sai ganhando. É rápido e prático.
     
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário