quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Só joga os mais vendidos?

     No texto de ontem comentei sobre as pessoas que se dizem intelectuais ao menosprezarem blockbusters, best sellers e jogos com investimentos milionários. Hoje, para completar e cumprir com o prometido naquele texto, vou falar do inverso, das pessoas que querem ler, assistir ou jogar aqueles títulos que figuram entre os mais vendidos, assistidos, resumindo o que está na moda.
     Quando grandes jogos são anunciados, milhares de pessoas já começam a ficar animadas a ponto de realizar a pré compra assim que esta ficar disponível. Até aí tudo bem, quando o que foi prometido é entregue pela empresa, é claro. O grande problema é que tem pessoas que só vão atrás destes jogos, então, para eles, quando algum estúdio lança um jogo diferente, até revolucionário, mas que não tem tanta propaganda, o gráfico não é tão incrível ou algo semelhante, eles não compram. Alguns chegam ao extremo de desprezar todos os jogos antigos, como se a história dos videogames não fosse importante, mas isso merece um texto à parte. A questão é que, em um mundo em que a tecnologia predomina, juntamente com a insegurança pessoal, ter o mais moderno, o mais caro, o que recebeu maior investimento, o com maior propaganda ou destaque é o aceito por muitos sem questionamento.
     Para este grupo a gameplay e, principalmente, a diversão ficam em segundo plano. O importante é ter aquele produto top, o que todos comentaram na mídia desde o anúncio, seja ele um celular, um jogo, o livro mais lido, o filme mais assistido e assim por diante. Que visão limitada. Muitos jogos não recebem estes investimentos milionários e são excelentes. Outlast mudou completamente os jogos de survivor horror, com um investimento muito menor do que o Resident Evil 6. Para aqueles que só querem saber dos grandes lançamentos, este jogo ficaria de fora de sua lista, seria xingado como inferior e desprezado. Talvez depois de virar um sucesso as pessoas deste grupo iriam experimentá-lo, só para não ficar fora de moda. Mas para muitos, o simples fato de não ter sido feito por uma grande empresa, com uma campanha publicitária incrível, já é motivo de desprezo. 
     Como dito no texto de ontem, aproveite tudo, desde os jogos indies até os de grandes empresas. Grandes filmes são feitos fora de Hollywood e com um orçamento muito menor. Alguns bem próximos de nós como O segredo dos seus olhos, filme Argentino muito premiado. Assim como grandes livros são escritos. Muitos escritores, assim como pintores, não foram reconhecidos como grandes mestres em sua arte quando vivos, alguns morrendo na penúria. Hoje são reverenciados. Acha que eles tiveram as propagandas milionárias? Não. A falta de destaque em sua época levou muitos à pobreza e à falência. Felizmente hoje são reconhecidos pelo que são, gênios. O mesmo acontece hoje com filmes, livros e jogos. O que não chama tanta atenção hoje pode ser a base para os sucessos do futuro, portanto não perca esta oportunidade, aproveite os grandes sucessos, mas também os projetos independentes, com baixo orçamento, mas que podem ser divertidos, com uma grande história, algo novo e assim por diante. Não perca grandes obras e grandes oportunidades só porque sua roupagem não é tão chamativa quanto as demais. Não se juga um livro, filme, jogo etc pela propaganda.
     Saudações gamers

Promoção de Parceiros:
Netshoes:
R$100 de desconto nas compras acima de R$ 250 para produtos com selo “GANHE MAIS” - CUPOM = PROMO100
Walmart:
Moto Z Play Sound Edition + JBL SoundBoost + Capa vermelha R$ 1759,12 à vista no boleto com Frete Grátis Brasil (exceto Norte) __________________________________________________________________
     A NGC quer saber sua opinião. Ela é importante para nós. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Juntos somos mais fortes.
     E não se esqueça de prestigiar os nossos parceiros. É só clicar em um dos banners aqui no nosso site, assim TODO MUNDO sai ganhando. É rápido e prático.
     
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário