quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Independência de opinião

     Hoje é 7 de setembro, dia da Independência do Brasil. Ano passado escrevi um texto questionando a nossa independência, já este ano queria comentar não no sentido nacional, mas sim no pessoal. Nós, povo brasileiro, temos uma opinião individual de fato ou seguimos o movimento de manada, os formadores de opiniões, os grupos que se dizem à favor de uma causa, mas que demonstram mais interesse do que uma ideologia e semelhantes? Conseguimos defender nosso ponto de vista mesmo que ele seja completamente diferente do resto da sociedade ou tememos a exclusão social e apenas concordamos com medo de um exílio forçado pela maioria?
     Sinceramente acho que o brasileiro, possivelmente, para ser justo, grande parte da população mundial, mas por conhecer mais o nosso povo focarei nele apenas, é extremamente dependente da opinião dos outros, seja de amigos, parentes e da sociedade de forma geral. Ter coragem para dizer que pensa diferente é algo muito difícil. E você achando que Dark Souls que era desafiador! Falar "eu discordo" em meio a uma multidão não é nada fácil, primeiro pela coragem de falar em público, o maior medo, segundo estudos, do ser humano, vencendo a morte e a falência, e, depois, por ser o diferente, de ser chamado de louco, de ser um Copérnico ou Galileu Galilei. 
     Falamos tanto de sermos independentes, de nos virarmos sozinhos, porém, com frequência, sedemos ao medo. Quando um jogo lança e todos estão adorando, quantos tem coragem de dizer que odiaram o game? Quantos conseguem dizer o porquê desta opinião em meio a milhões de fãs apaixonados? O contrário também é válido. Quantos conseguem dizer que adoraram um jogo mesmo que a crítica tenha odiado? Quantos conseguem discordar de um formador de opinião como um youtuber de um jogo que todos, menos você, gostaram? Não são muitos. 
     Poderia citar milhares de exemplos, desde política até outros de games e demais artes, mas o ponto é que a maioria do povo brasileiro prefere se calar a mostrar e defender com argumentos sua opinião quando se vê sozinho. O medo da exclusão social e do falar em público é maior do que nossas ideias, nossas opiniões. Será que somos mesmos independentes?
     Saudações gamers

_________________________________________________________
     A NGC quer saber sua opinião. Ela é muito importante para nós, então faça seus comentários e converse conosco pelas redes sociais. Ajude-nos a melhorar a comunidade gamer do Brasil e o país como um todo. Com um simples clique, você nos ajuda muito e pode gerar grandes mudanças. Compartilhe nosso material e divulgue nosso trabalho. É simples, não custa nada e fará uma grande diferença. Juntos somos mais fortes.
       Não conhece NADA sobre games? Fique tranquilo. Dê uma olhada na sessão tutorial de nosso site que explicamos o básico e, com o tempo, você pegará o jeito. Conheça este novo universo e sua relação com diversas áreas como arte, cultura, esportes e muito mais. Gosta destes assuntos? Então venha conosco.
     E não se esqueça de prestigiar os nossos parceiros. É só clicar em um dos banners aqui no nosso site e realizar suas compras com segurança, assim TODO MUNDO sai ganhando. É rápido, prático e muito seguro.
     
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +

Nenhum comentário:

Postar um comentário